Pena

Tinha escrito um poema muito legal! Só que era cheio de espaços e efeitos, aí eu vi que não deu certo, o texto se auto-organizou, ficou sem graça... Apaguei tudo. Agora realmente não tenho nada a dizer, não posso nem comentar sobre o pan!

É segunda, lembra rotina;
lembra semana;
lembra escola;
lembra vestibular;
lembra estudo;
lembra café;
lembra terça-feira;
lembra quarta e os outros dias;
lembra Rotineiro;
lembra letras e palavra e lembra...
Redação, felicidade, 50 pontos no simulado, 21° em Direito!

Mas ainda é segunda, e segunda não tenho inspiração, como sempre digo: Amanhã escrevo um texto legal!
;D

Acabei de ver que tinha copiado o texto, pra quem quizer ler... ta sem nada, só reto, assim é sem graça!

Acordar;
Respirar;
Voar...?

Sentar;
Assistir;
Ouvir...

Acreditar;
Alienar;
.
Agir?
Acreditar
Viver,
Amar,
voaR?

Continuar;
Emburrecer;
Copiar...
Mudar,
Sorrir,
Diferir?
Continuar;
Emburrecer;
Copiar...
Criar,
Poder,
Ser!
Continuar;
Emburrecer;
Copiar...............
Viver,
Saber.....



saber viver.

*Yeah Yeah Yeahs. Criancinhas loucas... Futuro?

O fogo


Eu não tinha muita certeza do que escrever hoje. Será que o povo aguentaria mais um texto revolucionário? Mais frases de uma mente sonhadora? Não tinha certeza até abrir meu e-mail e ver o que minha amiga priscilla havia deixado para mim. É uma carta entitulada "Carta a um jovem desencantado", eu li, e aos poucos aquele fogo foi me incendiando novamente. A vontade de protestar, de mudar, de revolucionar, cada dia mais forte. Fogo que os shoppings, roupas importadas, futilidades e etc, implantados em nós desde pequenos a fim de nos tornar consumideres sem opinião própria, tentaram apagar. Mas não conseguiram. Para infelicidade dos vendedores de merda ainda somos jovens, não gostamos de obedecer e procuramos coisas novas e melhores... e é por isso que eu tenho esperança, boto fé mesmo em nossa geração, pois não quero que meu filho seja um idiota alienado.

Hoje além da carta, a minha aula de biologia (na verdade quase uma aula de filosofia) me inspirou. O professor Gaúcho falou de como os desenhos nos influenciaram e influenciam as crianças de hoje. Um exemplo é o Rei Leão, onde Scar , o único leão verdadeiro, é colocado como vilão, e Simba o leão amigo de javalis bundão e indeciso é o mocinho. Simba é na verdade o que esperam da gente, leões de aparência que não sabem se virar sozinhos e apenas seguem ordens, como o Simba do filme, que é indeciso e vive olhando as estrelas sem saber o que fazer... Quem são essas estrelas para você? Realmente deixaremos mandarem na gente?

Pois é, desenhos, propagandas, programas, alguns artistas... é como se todos dissessem, desde que somos crianças, "façam assim", "obedeçam". E em alguns lugares parece que eles venceram, é só olhar a juventude americana, onde a menina mais puta é a mais legal da escola e o piá mais retardado com maior bíceps o mais legal, e isso é a única preucupação deles... serem burros porém admirados pelos que são mais burros ainda. It's the american drem baby!

Se eu continuar escrevendo vai ficar muito grande isso aqui, então pra finalizar um pedaço da carta de que falei:

"(...) não jogue fora a sua juventude, desistindo de sonhar, não troque seu campo de luta pelas praças de alimentação e pelo papo das vulgaridades. A juventude é o termômetro da história: quando ela ferve, o mundo esquenta , quando ela amorna, o mundo esfria e se ela esfria, o mundo congela.
Reconheço que nossa geração não lhe deixou de herança uma sociedade sadia, limpa, confiável,. Nas décadas de 70, 80, costumávamos ir às ruas clamar por uma nova ordem social e política. Nossa utopia caiu no fosso de um capitalismo triunfante, avesso a qualquer mudança que lhe diminua um centavo de lucro. Contudo, deixamos marcas de suor e sangue no campo de batalha. Sua geração foi obrigada a esquecer milhares de jovens que pagaram com o martírio de sangue e tortura sua loucura de crer em um mundo melhor. Inútil sacrifício? Não, absolutamente, para quem acredita que todo sangue derramado por amor, ainda que o seja em gestos de loucura, fecunda a terra.
Erramos muitas vezes na escolha de nossos caminhos e de nossas lideranças. Mas aventuramos. E graças a isso, aceleramos a volta da democracia. Chegou o momento caro amigo, nessa corrida de estafetas , de passar a bandeira para suas mãos. Você vai cair fora? Por causa de uma desilusão? Não faça isso senão a história pára.”

Hoje voi deixar uma música do System of a Down, Boom, onde aparecem varias manifestações a favor da paz. Se você leu até aqui, muito obrigado mesmo, você faz a diferença. Um beijão e um abraço!


=)

Hoje sem muito tempo como sempre, vestibular chegando, mais medalhas no pan, muito frio em Curitiba. Aula, stress, escrever, aprender. Os dias passam cada vez mais rápido. Hoje o texto vai ser mínimo e não tem um tema interessante, hehehe.
Tomara que amanhã não faça 3 graus de novo. Sexta-feira chegando, os festeiros, baladeiros, amadores de fim de semana, como eu, se animam! Pena que sabados tenho aula... Mas amanhã ainda é Sexta! E o texto aqui vai ser melhor! ;D

"Vida louca vida breve se eu não posso te levar, deixo que voce me leve" - Cazuza

*Hoje música do Yeah Yeah Yeahs, banda que eu gosto muito! Escuta aí!



Amanhã eu escrevo direito! Té! ;*

Pra começar a conversa

Hoje tive uma conversa boa com meu amigo, falei muito, mais muito mesmo, acho que até exagerei... hehehe... Revolução, mudanças, futuro, basicamente isso. Hoje quero começar a falar sobre nós, a juventude, o futuro... a perdição?

Muitos idolatram os EUA e eu não entendo muito porque... um país com uma cultura fraca, pessoas violentas e ignorantes, uma língua fácil e feia em que nem podemos dar aquela antiga cantada "Você não está bonita, você é bonita!" ("You are not beautiful, you are beautiful" ha ha), um país amante de guerras, onde idolatram pessoas como 50 Cent... Mas eles mandam na gente né? Fazer o que... Eu gostei muito dessa imagem, mostra bem o que é os EUA. Mas mesmo assim continuamos ouvindo 50 Cent, Justin Timberlake, Simple Plan e outras porcarias com suas maravilhosas letras que falam de assuntos muito complexos como bundas, papai e mamãe não gosta de mim, ressuscitar sexy (ele tinha morrido?). Depois perguntam como piás babacas espancam uma empregada... Vemos violência por toda parte, o país mais poderoso do mundo defende a guerra, o Japão a competição louca, a Europa a xenofobia, ótimos exemplos para nós né?

É parece que os ricos querem simplesmente se livrar de nós, outra coisa que temos que mudar. Vou parar com esse assunto por aqui, quero falar uma outra coisa que eu fiquei pensando depois que saiu da minha boca: "É eu acho que tenho complexo de Aquiles... Quero morrer e ficar lembrado!" Concordo é muito egoísmo, mas aí pensei... e se NÓS ficarmos lembrados para sempre? "Jovens do novo século mudaram o rumo de um planeta em decadência." Bonito né? Meu amigo falou simplesmente que queria mudar a vida dele e criar bem seus filhos... pra mim é pouco, não sei se vou conseguir alguma coisa, nem de que jeito, mas pelo menos vou fazer uma coisa muito importante, tentar e não desistir.

Um beijão e um abraço, a conversa continua nos próximos dias. Hoje dia muito legal, bla bla bla. Ah só mais uma coisa, não sou anti-americano, lá como em qualquer lugar do mundo existem pessoas boas, artistas bons, músicas boas como a de hoje: Johnny Cash - Hurt (Uma das poucas músicas que me derruba...).


Rotina

Hoje começou tudo de volta. Acordar cedo, aula, estudar, etc. Vestibular cada dia mais perto. As pessoas ainda falam da queda do avião, a minha mãe até comprou a Veja dessa semana... é... muita gente lucrando com a desgraça alheia, mas sempre foi assim né?

Como eu disse fim de semana fiz uma trilha na Serra do Mar, natureza pura que o homem destroi mais a cada dia. É difícil de entender como que continuam destruindo, desmatando, queimando, matando a vida enquanto vemos desastres naturais cada vez mais fortes. Vou parar por aqui com esse assunto, hoje não posso gastar muito tempo no blog.

O Rotineiro vive, a rotina renasce, a vida continua. Pessoas indo e vindo nas ruas num dia chuvoso de julho, dia sem graça, colégio, amigos, conversas, risos, planos para o fim de semana, sono, frio, contas, palavras, textos, exercícios, comer, escrever, conversas nos intervalos, mais risos, pessoas novas do semi-extensivo, aulas, despedidas.

Hoje post sem graça devido ao extremo cansaço do autor. Um beijo e um abraço. Amanhã eu escrevo um texo legal! Vou deixá-los com Elis Regina novamente.

"Quero que você me dê a mão
Vamos sair por aí sem pensar
No que foi que sonhei
Que chorei, que sofri
Pois a nossa manhã
Já me fez esquecer
Me dê a mão vamos sair
Pra ver o sol"

Apenas um texto

Hoje não quero falar de tragédias, não quero falar de coisas tristes e deprimentes. Não vou inventar nenhuma matéria absurda também. Queria falar uma coisa simples, animadora, feliz, que você ao ler sorrisse, ou seja passar um pouco da dessa minha felicidade louca, que hoje está mais forte que nunca. Queria passar uma mensagem de paz, uma coisa pra você se sentir melhor, queria ter esse poder. Hoje ouvi muito Tom Jobim, Chico Buarque, Elis Regina, deu uma vontade de ser poeta, mas eu não sou bom com as rimas.

Eu só queria te falar que por mais que esteja tudo errado, nós temos uma vida maravilhosa, e talvez eu tenha uma "super auto-confiança" como comentado ontem, mas eu acredito nessa geração, nem que sejamos poucos, sonhadores, loucos, jovens de mais... mas já somos e pensamos. Vai ser dificil mudar? Com certeza! Mas a vida é feita de desafios meus amigos.

Tá mas hoje não quero falar de revolução nem nada, hoje só quero te dizer uma coisa muito besta, muito mesmo, que todo mundo já ouviu, e muita gente discordou : A vida é bela! Cansei de pseudo-intelectuais, de depressivos, de pessoas que só falam em tragédias, parecem até tele-jornais... Meu blog vai ser diferente, e esse é o último texto da semana, fim de semana vou fazer uma trilha, dormir no mato... delícia.

Talvez você não tenha entendido esse post, e não precisa! Só queria dizer muito obrigado por você estar aqui, por você existir, do fundo do coração. Acordei inspirado hoje? Talvez... Para finalizar uma frase de uma das minhas músicas favoritas e que o povo do meu MSN cansou de ver: "Se a vida é curta e o mundo é pequeno, eu vou vivendo e morrendo de amor... Gostoso veneno..."

Vou deixar meu orkut nos links pra quem quizer, e também uma música aqui como sempre, hoje a escolhida foi A Felicidade de Tom Jobim.

Um beijão e um forte abraço de um cara meio punk, hippie, revolucinário, com idéias loucas ou nem tanto assim que aos poucos te convencerá que podemos mudar o mundo. ;D

O futuro

Uma frase que eu tenho lido com frequência ultimamente é "você tem futuro", muito obrigado, mas, será mesmo? Eu não quero ser aquele jornalistazinho puxador de saco, meu objetivo é lutar contra essa desigualdade social, contra a corrupção, acabar com a hipocrisia... Utopia? Talvez. Será que algum meio de comunicação aceitaria um cara meio louco e radical?

Meu primo é um dos que duvidam de mim, ele fala "e aí ta mudando o mundo sentado aí na frente do seu computador?" É verdade, não estou mudando nada... ainda... mas já estou pensando e talvez fazendo pessoas pensarem comigo! Todos têm um começo, duvido que Einstein nasceu sabendo que seria um dos maiores cientistas de todos os tempos.

Chega desse assunto. Hoje ganhamos mais medalhas... de prata, mérito grande dos cubanos. Vi na TV também os parentes das vítimas do vôo 3054 contando um pouco sobre os mortos, porque a mídia adora isso, sofrimento, lágrimas, tragédia, audiência. Pessoas chorando em casa, uma tragédia realmente horrível, comoção nacional... mas peraí, pessoas estão morrendo nesse momento na África não pela queda de um avião, mas por fome. Você já parou pra pensar que choramos pelas vítimas do vôo porque elas são ricas, bonitas, com belas histórias de vida, e simplesmente ignoramos aquelas pessoas do sertão nordestino, da África, de países miseráveis, que morrem de fome, de peste, de guerras estúpidas como a do Iraque? Infelizmente nos acostumamos com essa situação, nós todos. Mas somos o futuro, como eu disse quando criei o blog, e podemos mudar isso, ou melhor MUDAREMOS.



A cada dia que passa estou mais feliz com seus comentários, muito obrigado mesmo por suas opiniões. Talvez eu tenha pegado meio pesado agora no fim, sei lá, só escrevo o que penso. E que venha o futuro meus amigos, tenho certeza que vai ser melhor do que essa merda em que vivemos, porque se piorar o mundo acaba! ;P

Um beijão e um abraço a todos, hoje vou deixar vocês com umas das vozes mais belas que já existiram. Elis Regina, Águas de Março.


Dia estranho





Eu nunca imaginei que um dia que amanheceu tão triste pudesse ser tão feliz. Visita de amigos, risos, piadas, comédia, funk, filme, gravações, violão, mais e mais risos, morte à saudade. Dia realmente ótimo! Yohana, Emer, Ciro, Jef, Ana, Tati, e a cuia de chimarrão (é assim que escreve?). Vou parar por aqui com meu dia porque hoje tenho mais coisas para falar.



Quem não acompanhou a tragédia em São Paulo? Mortes e mais mortes, pessoas chorando na TV, caos no nosso sistema aéreo, só falta agora algum figurão pra mandar a gente "relaxar e gozar"... Quanto tempo vai demorar para mais esse desastre cair no esquecimento? Será que o submisso povo brasileiro vai finalmente se opor a tudo isso e exigir mudanças? É, também duvido. Enquanto isso só posso rezar pelas pessoas que morreram, foi isso que sua mãe falou? Na verdade se realmente quizéssemos estariamos lá berrando e protestando junto com as famílias dos mortos, mas não são nossos parentes né... vamos continuar rezando, e pedindo a Deus também que esses políticos criem vergonha na cara e pensem em algo mais que seus umbigos.






Mas como eu disse hoje foi um dia bom. Ganhamos mais medalhas no Pan... Pan? É o Pan ainda não acabou, apesar de todos os noticiarios apenas falarem do acidente com o vôo 3054. Vendo os campeões da natação eu lembro do meu passado, 6 anos de natação, que eu larguei por burrice, mas isso não tem nada a ver né? É hoje foi um dia legal, ainda tem um resto de ferias antes da rotina chata voltar, continuarei aproveitando. =D


Muito obrigado a todos que comentam no Rotineiro, um beijão e um abraço.


* Música da Cássia Eler pra quem curte.


Olhando pela janela


Vejo a chuva caindo, céu cinzento, casas fechadas, pessoas dormindo, barulho de chuva, rua vazia, apenas o som da água caindo. Um dia sem graça de férias, daqueles que ficamos sem fazer nada na frente da TV, perdendo tempo. Alguém afim de dançar na chuva?
É realmente chato ficar parado né? Pelo menos assim da pra pensar um pouco na vida, aí numa dessas minhas viajens pensei em fazer um protesto, todos os jovens de curitiba e região gritando pelas ruas, milhares e milhares de insatisfeitos com essa corrupção horrorosa enquanto pessoas morrem de fome no sertão nordestino. Eu tenho parentes no sertão, já fui pra lá... É muito triste meus amigos. Bom, voltando ao protesto, chamam a cavalaria, toda a imprensa vendo, eles nos atacam, jogam bombas, atiram, mas continuamos firmes.
Eles nos chamam de futuro, mas o futuro pra eles é um bando de consumidores sem cérebro. Eles acham que conseguiram apagar nosso espírito de revolução, mas não conseguiram e nunca conseguirão. Somos o futuro, uma geração que nasceu em um mundo fodido, desgastado, cheio de ódio e dor, onde o imperialismo comanda. Mas...ainda somos o futuro, eu tenho esperança de um mundo melhor, sei que sonho de mais... mas tudo começa com um sonho, com uma idéia.
Nem lembro mais como comecei esse texto, é por isso que vou tão mal em redação, infelizmente eu só sei escrever com a alma, e quando realmente começo a piração é como se tudo sumisse do nada e só existissem as palavras que eu escrevo.
Já chega, ta muito grande esse texto, mas o convite continua... Vamos dançar na chuva?


Aloha amigos!

Nada pra fazer numa noite de segunda-feira, um blog parecia uma boa idéia. O rotineiro foi criado para descrever a dura rotina de um vagabundo de 17 anos... Vagabundo? Não, não, claro que não. O rotineiro é na verdade um teste para meu futuro, eu quem? Hugo Simões, futuro jornalista, revolucionário e personagem do seu livro de história, juntamente com personagens como Che Guevara e Janis Joplin. O que a Janis tem a ver com isso? Você descobrirá acompanhando as fantásticas postagens do Rotineiro. Por enquanto é isso, um abraço e um beijão.